Plano de Recuperação de Áreas Degradadas - PRAD - Elo Engenharia

Plano de Recuperação de Áreas Degradadas – PRAD


A Elo Engenharia desenvolve o Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD), documento exigido pelo órgão ambiental competente para empreendimentos com atividades, inicialmente, mineradoras após o encerramento. Porém, foi estendido para outras atividades altamente degradantes ao meio ambiente.

O PRAD teve sua origem no artigo 225, da Constituição Federal de 1988, e no Decreto-Lei n. 97.632/89, que regulamentou a Lei n. 6.938/81, obrigando a recuperação da área degradada como parte do Estudo/Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA), podendo ser empregado de forma preventiva ou corretiva, em áreas degradadas por ações das atividades exercidas.

O PRAD deve reunir informações, diagnósticos, levantamentos e estudos que permitam a avaliação da degradação ou alteração e a consequente definição de medidas adequadas à recuperação da área.

Incorporado como um programa complementar da maioria dos Estudos de Impacto Ambiental e Relatórios de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) e em Termos de Ajuste de Conduta (TAC), firmados entre empresas e o Ministério Público.

Parte dos trabalhos de recuperação ambiental originários de PRAD, têm origem nas imposições da legislação brasileira, promovendo a recuperação ambiental de uma área degradada, após o encerramento da atividade, através de projeto técnico com itens básicos como introdução, objetivos, metas, metodologia, sistema de monitoramento e avaliação, cronograma de execução, recursos materiais, humanos, financeiros e anexos.

A Elo Engenharia, através de sua atuação no segmento de Engenharia Ambiental, busca o desenvolvimento sustentável incessantemente. Com uma equipe multidisciplinar e capacitada a elaborar as melhores soluções para os nossos clientes e fornecedores, assessoramos a viabilização de seus projetos, englobando todos os aspectos constitutivos, construtivos e ambientais.


× Olá, como podemos ajudar?